Como curtir um dia com o Linha Turismo // O que fazer em Curitiba | Seja Imensa
748
post-template-default,single,single-post,postid-748,single-format-standard,qode-news-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Como curtir um dia com o Linha Turismo // O que fazer em Curitiba

 

A tour com o ônibus Linha Turismo é um dos passeios mais procurados em Curitiba, mas também envolve um dilema: existem 25 opções de paradas em pontos turísticos e você deve escolher apenas 4 dentre essas para desembarcar e conhecer ao longo do trajeto. E foi por tanta dúvida e depois de tanta análise que vim te ajudar nessa missão quase impossível compartilhando as minhas escolhas de roteiro para aproveitar ao máximo um dia inteirinho. Chega mais!

1. JARDIM BOTÂNICO

Esse tem que conhecer e tem que voltar, combinado? Então tá haha. O cartão postal da cidade tem entrada gratuita e além da famosa estufa, também oferece um amplo espaço de parque para explorar, espairecer e descobrir caminhos. Raramente o local está vazio, mas pela manhã com certeza a chance de dividir o espaço com menos gente é grande, então embarcando no primeiro ônibus e descendo ali você vai começar o passeio com ares mais tranquilos!
Aproveite para fotografar com cuidado detalhes encantadores que o paisagismo reserva.

2. UNILIVRE

 

“Ah, mas visitar uma universidade?” Acredite, a Universidade Livre do Meio Ambiente está longe de ser só isso. Construída em uma pedreira desativada, a paisagem é de tirar o fôlego principalmente pela preservação da natureza, é claro. Restaurar um espaço explorado pela mineração tem o seu valor, mais ainda quando a razão de ser da instituição é promover educação e cultura nesse sentido. O local é cercado por uma mata densa e é possível subir até o topo da estrutura de madeira que suporta as salas da universidade através de uma passarela que circunda toda a área construída – uma delícia de trajeto, mas a melhor perspectiva é a vista de baixo mesmo!
Aproveite para deitar em um dos bancos na margem do lago e só ouvir o som dos pássaros e insetos.

3. PARQUE TANGUÁ

Território também recuperado de uma pedreira e usina de tratamento de resíduos, este parque é pura inspiração francesa nos jardins e nas belíssimas torres e terraços com uma vista de encher os olhos! Este é um dos pontos turísticos mais distantes da região central da cidade, então desembarcar neste ponto realmente vai valer a pena durante o trajeto do Linha Turismo.
Aproveite para observar a paisagem de todos os ângulos, inclusive descendo pela lateral esquerda rumo ao lago para contemplar a queda d’água ali do deck.

4. SANTA FELICIDADE

Sem dúvidas a parada mais interessante para aproveitar um almoço delicioso durante o trajeto. Trata-se de um bairro que carrega a cultura italiana em essência, já que surgiu com a imigração destes europeus para a região. O ponto de desembarque fica no início da Avenida Manoel Ribas onde é possível encontrar desde o imponente Restaurante Madalosso (o maior da América Latina) que serve rodízio de massas até pequenos estabelecimentos familiares ou franquias. Eu almocei no Macellaio no Centro Gastronômico RiAlto e fiquei felizinha com um prato de R$19.
Aproveite para degustar e comprar vinhos incríveis e conhecerem as lojinhas com artesanatos locais. 

Para garantir o aproveitamento de todo o período do passeio é importante que você anote ou fotografe os horários  dos ônibus no ponto em que desembarcar (essa informação estará disponível na própria lateral do ponto), desta forma você se programa melhor e não perde tempo simplesmente esperando o próximo. Outra dica valiosa é deixar as atrações com tarifa de visita para dias mais tranquilos quando você realmente vai conseguir usufruir da experiência sem um prazo determinado, como por exemplo, o Museu Oscar Nimeyer e a Torre Panorâmica. Parques maiores como o Barigui e o Bosque do Alemão também podem ser aproveitados melhor com mais tempo.

Por fim, deixo aqui também o vídeo com todo o meu roteiro inclusive impressões sobre as atrações as quais é possível conhecer sem sequer desembolsar um dos seus preciosos tickets. Quer mais dica? A vista na maioria dos pontos é melhor se você se sentar nos assentos do lado esquerdo 🙂 E pode acreditar que além de mais dicas, tem muito conteúdo bacana neste vídeo – vem assistir!

IMENSA AVALIA

Serviço prestativo e apoio no embarque/desembarque, conforto e segurança,
acessibilidade para crianças e idosos. Por algum motivo acontecem algumas falhas na comunicação automática dos pontos, o que pode causar transtornos para alguns turistas mais distraídos.

Poxa, Linha Turismo, libera o open ticket pra nós, vai!!

Leia mais sobre Curitiba AQUI.

 

1 Comment

Escreva um Comentário