Cá entre nós // Sobre olheiras | Seja Imensa
375
post-template-default,single,single-post,postid-375,single-format-standard,qode-news-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Cá entre nós // Sobre olheiras

 

Todo mundo tem uma coisinha ou outra que incomoda esteticamente e muitas vezes são detalhes que só a gente repara. Mas, cá entre nós, olheira é transtorno quase universal! =P As minhas sempre foram bem aparentes independente da qualidade do sono e eu resolvi que era hora de dar um basta nisso. Meu dermatologista explicou que o meu caso é genético e o que causava minha feição cansada era a profundidade dos sulcos abaixo dos olhos, ou seja, o melhor recurso seria preencher com ácido hialurônico, e assim o fiz.

Um procedimento tranquilo. Caro, mas tranquilo. E eu precisava me ver daquela nova forma, me reconhecer em um outro jeito naquele momento exato – até porque o efeito do preenchimento é instantâneo – e por mais que, como o médico me explicou, várias pessoas escolhem se destacar pelas suas diferenças estonteantes como a região dos olhos assombreada, eu achei que aquilo não fazia sentido para mim.

Tive uma super conversa com meu médico até amadurecer a ideia de realmente executar o procedimento, o que ao final fez eu me surpreender com um comentário que ele fez enquanto eu saía do consultório, o seguinte: “Stéfany, evita contar pras pessoas sobre isso porque você é muito nova e muitas delas não entendem”. Sim, ele me adiantou que eu não deveria contar pra ninguém sobre uma mudança (mínima, mas mudança) no meu corpo porque poderia me decepcionar com os comentários das pessoas sobre a minha própria decisão ou meu incômodo.

Eis que estou aqui fazendo o contrário porque todo mundo TEM que entender. Eu não sei nem explicar o quanto o preenchimento mexeu com a minha autoestima e, por mais que ninguém tenha comentado essa aparente “mínima” mudança eu acredito que isso influencia nos meus relacionamentos interpessoais e na imagem que eu transmito quanto a disposição e carinha de boa vontade mesmo, sabe? Em breve vou escrever sobre harmonização facial para entendermos juntas mais sobre isso!

Ok se você vê beleza nas suas olheiras, eu te admiro! Ok se você vê a beleza além das olheiras mas deseja se enxergar sem elas, cada um escolhe a sua verdade. Que a nossa compreensão não seja posterior a justificativas plausíveis, que a gente acredite mais na necessidade do outro ainda que não seja a nossa. 

 

(Confira mais posts sobre ‘Beleza’ aqui!)

Sem Comentários

Escreva um Comentário