Blog | Página 5 de 5 | Seja Imensa
493
blog,paged,paged-5,qode-news-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive
Lifestyle / 19.07.2018

  - Muito tem se falado sobre a arte do menos e até aí nada de novo. O que incomoda mesmo é a moral embrionária que se perpetua ocupando berço de conclusões levianas sem parto. Frestas são o que parecem os -ismos e seus ciclos que imploram reconhecimento. Vou tentar ser o menos tendenciosa possível, mas não prometo. O mínimo tem se tornado o objetivo de vários, dentre os quais todos têm muito, como se determinasse contramão. Mas não. O que preocupa são as tantas interpretações que se apropriam de um termo para estabelecer abrigo. Desconfio dos que mantém minimalismo de estimação, como...

Escritos / 19.07.2018

  - Mais que coragem, uma espécie de ímpeto em ser. Como quem pertence ao Metazoa, a gente quer ser gente com direito a querer suspender estações, com coisa que elas só se fazem inevitáveis no Plantae. É assunto [quase] esgotado mas zero consumido. O tal do tempo, dos ciclos e seus desdobramentos. Em suma acredito que florescer seja mais que graça; é uma baita garra. No reino vegetal uma flor nada mais é do que uma estrutura reprodutiva, ou seja, ela é gerada para gerar. É no íntimo da delicadeza que é formada a semente e, se existe tempo para a...

Beleza / 19.07.2018

  - Que a moda pra gente seja uma forma de expressão, tão livre quanto qualquer outra e tão libertadora quanto qualquer escolha deve ser. Sempre tive uma relação estreita com a moda. Cresci cercada por duas avós costureiras e uma mãe que vendia roupas e fazia vestidinhos de crochê pra todas as minhas bonecas. No entanto nunca fui boa na arte do corte e costura, eu gostava mesmo era de combinar as peças. Ainda criança, talvez por volta dos meus 8 anos, comecei a tomar gosto por acessórios diferenciados e um tanto quanto extravagantes, o que foi evoluindo ao longo do tempo....