A gente tem o estresse que escolhe ter | Seja Imensa
367
post-template-default,single,single-post,postid-367,single-format-standard,qode-news-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

A gente tem o estresse que escolhe ter

 

Estranho pensar assim, né? Mas o que gera a ansiedade que tanto culpamos é nosso comprometimento com quase verdades e mal resolvidos. Nossa tendência é adiar complicações e nossa realidade é mantê-las em modo de espera como se ali fossem dissipadas. Mas não. A gente escolhe o que fica e o que vai mas também o que vai se tornar em outra coisa dentro de nós – digo, o tal acúmulo de transformações.

Cabe tão somente a cada um administrar a soma de anseios que cultiva, uma vez que – veja bem! – todos temos o mesmo limite. A diferença é que alguns se esvaziam disso tudo ao se atentar às minúcias, o juízo da consciência. Quanta gente estressada e cheia passa pela gente! Já percebeu o quanto sempre têm tanto a falar em forma de despejo que não se esgota? Motivos todos temos pra explodir, mas isso não deixa de ser uma escolha. 

Estresses são bombardeios diários que precisamos viver, não necessariamente nos tornar estressados.

O fardo da leveza pesa menos do que a gente pensa.

(Aqui tem mais posts como este! Vem ler!)

1 Comment

Escreva um Comentário