Com tudo
que cabe,

é o nosso jeito imenso de fazer as coisas. Significa reunir tudo o que carregamos, cada partezinha da gente, como uma entrega completa para fazer qualquer coisa. É um manifesto genuíno que quer dizer algo como “com o melhor que posso agora”.

De dentro pro mundo.
Do mundo pra dentro.

Comunicadora criativa de alma imensa e pés no chão, atua como uma tradutora de pessoas e marcas que buscam reconhecer a sua própria
voz e ocupar o seu lugar no mundo
a partir da IMENSIDÃO que já habita nelas.

IUPI! Já são mais de 40 marcas imensamente potencializadas pela gente através de serviços como:

Um diagnóstico direto ao ponto para IDENTIFICAR e propor melhorias com foco nas primeiras impressões que o seu perfil no Instagram comunica.

Um guia para CLAREAR aquela questão que tem te deixado com uma pulga atrás da orelha quando o assunto é comunicação no Instagram. 

Uma companhia semanal para quem quer PENSAR comunicação junto com uma especialista para que FAZER com as próprias mãos tenha mais intenção.

Aquela gestão completa que contempla a comunicação da sua marca no Instagram de ponta a ponta e deixa a [criação + estratégia] com a gente.

Coisas de natureza imensa cabem em qualquer conversa pois dizem respeito ao que habita a alma da gente.

VEJO EM MIM O QUE ME FALTA

VEJO EM MIM O QUE ME FALTA

Você se considera uma pessoa generosa? Eu nunca me vi assim mas, de um tempo pra cá, tenho observado o quanto essa qualidade pode ser significativa nesse mundo doido e desde então me tornar uma pessoa mais generosa se tornou uma das minhas buscas mais pulsantes....

ME DIGA PRA FAZER, NÃO ME PEÇA PRA EXPLICAR

ME DIGA PRA FAZER, NÃO ME PEÇA PRA EXPLICAR

Assumo que, como comunicadora, eu mesma morro de medo de colocar o meu na reta. Me peça pra falar o que eu faço e me verás perdida como uma senhora que busca os óculos que estão apoiados nas suas próprias orelhas. Diga pra eu me apresentar e conhecerás a minha pior...

O PASTELEIRO DA RUA RIO DE JANEIRO

O PASTELEIRO DA RUA RIO DE JANEIRO

O tempo não passa pro pasteleiro da Rua Rio de Janeiro. Toda vez que passo por ele, ainda consigo me ver com o uniforme verde bandeira do Mundo das Letras, segurando mole a bisnaga de ketchup na mão, enquanto desdenhava da pimenta que ele sempre oferecia. Suspeito que...

TEMPO OU PRESSA?

TEMPO OU PRESSA?

Foi observando um casal de velhinhos desfilando os seus passos curtos e preguiçosos na sala de espera da clínica veterinária que pensei: por que mesmo eu tô com tanta pressa em plena manhã de sábado? Não era um dia de trabalho pra mim, pelo menos não havia nenhum...

A ALEGRIA QUE ME CABE

A ALEGRIA QUE ME CABE

Eu tenho um hobby. O hobby de me emocionar assistindo pessoas reagindo a momentos extremamente alegres com uma notável e deliciosa satisfação, e isso diz muito sobre mim porque eu me considero uma pessoa extremamente amena quando o assunto são as minhas próprias...

Stéfany e Amanda, duas jovens senhoras que buscam fôlego tagarelando sobre coisas que estavam escondidas debaixo de um tapetinho, sabe-se lá onde (…)

× Contato